Casimiro: acordo de Ramon e presidente da Câmara sinaliza volta ao governo

October 31, 2019

Sinalizando um movimento que, no passado, já lhe rendeu a fama de "pipoqueiro", o vereador oposicionista Ramon Gidalte fez, esta semana, uma aliança, no mínimo estranha com o presidente da Câmara, vereador Lelei da Marmoraria e o ex-presidente Rafael Jardim, ambos aliados diretos do prefeito Paulo Dames. A aliança resultou na nomeação do primo de Ramon na segunda secretaria da Casa. Além de configurar a prática de nepotismo (afinal, a nomeação de parentes é vedada pela súmula vinculante 13 do STF), há a suspeita de que o primo de Ramon seja, na verdade, um funcionário fantasma, uma vez que o mesmo tem emprego regular em uma farmácia do município e a jornada de trabalho no comercio é incompatível com a cara horária da Câmara. 

 

Pipocou? Nos bastidores, o temor é de que Ramon abandone a oposição para compor uma chapa com Rafael Jardim, ou mesmo Zé Alexandre, com as bençãos do prefeito atual. Com um sem números de processos judiciais e, inclusive, uma ação direta do MP pedindo seu afastamento com acusação de dano ao erário, a expectativa é de que Paulo Dames não se candidate a reeleição. Neste caso, os dois candidatos mais cotados para sucedê-lo são o ex-vereador Zé Alexandre e Rafael Jardim. Neste caso, o apoio de Ramon, compondo chapa com qualquer um dos dois pode ser o fator determinante para a vitória do grupo de Dames. 

 

 

 

 

Please reload

Destaques do Blog
Please reload

Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral