Co-autor da CPI da Saúde, Robson Oliveira é atacado por Fakenews

October 4, 2019

Um dos cinco únicos vereadores a assinarem o requerimento pela criação da CPI da Saúde em Macaé (que foi rejeitada pela bancada governista na semana passada), o vereador Robson Oliveira está sendo alvo de uma série de ataques nas redes sociais e em grupos de Whatsapp. Ele, que é a favor da ideia desde o início e tem sido, em plenário, um dos maiores críticos do setor na cidade (votando, inclusive pela convocação da secretária de Saúde, Deusilane Galiza) foi acusado de votar contra a CPI o que, conforme conferiu o blog, é mentira. 

 

Procurada pelo Blog, a assessoria do vereador explicou que o mesmo já havia, junto com os demais colegas, assinado o requerimento, manifestamento publicamente seu interesse formal pelo prosseguimento da CPI. Porém, ele não teve conhecimento prévio que a votação aconteceria naquele dia e, como receberia uma homenagem no Centro de Convivência do Idoso (CVV), evento marcado com mais de um mês de antecedência, cuja ausência da votação foi comunicada à presidência da Casa, acabou não estando presente no horário da votação. Porém, pelo elástico placar, em favor da oposição, o voto do vereador não faria diferença, já que o governo contou com 8 votos para derrubar o requerimento. 

 

Pauta prejudicada — Caso o voto do vereador Robson fosse decisivo para a aprovação ou reprovação da CPI, a Bancada da Oposição poderia requerer, pelo regimento, a anulação da votação, já que a mesma foi prejudicada pela ausência de um dos signatários do documento. 

 

 

 

 

Please reload

Destaques do Blog
Please reload

Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral