Candidatura a prefeito: Deus me livre, mas quem me dera

August 13, 2019

Na bela onda do sertanejo universitário, os vereadores Paulo Antunes e Dr. Marcio Barcelos, ambos do MDB negaram, na sessão de hoje da Câmara Municipal de Macaé a intenção de concorrer à sucessão do prefeito Dr. Aluízio. Mesmo com o famoso tapa espalmado no peito, a famosa piscadinha e o charme do olho azul, ambos os parlamentares garantiram não se iludir com o "Trono de Ferro da Rua da Praia". 

 

"Já disse que termino meu mandato no parlamento, seja como vereador, seja  como deputado", disse Paulo Antunes, lembrando da nostalgia dos tempos de microempresário do ramo granjeiro. Já Marcio Barcellos também disse estar satisfeito com sua cadeira no Legislativo. "Gosto do Parlamento, porque aqui a gente pode parlar, que significa falar, parlando no parlamento", disse, ao bom estilo Dilma Roussef.

 

Porém, o que ambos não disseram é se negariam um convite pessoal e direto do prefeito para sucedê-lo? É isso o que se comenta nos bastidores, não a intenção de os vereadores se lançarem, mas sim do prefeito lançá-los. Com a possibilidade de Chico Machado, maior adversário político de Aluízio assumir uma cadeira como conselheiro no Tribunal de Contas (leia sobre isso aqui), talvez fazer sucessor, para o prefeito, se torne uma questão de sobrevivência.  

 

 

 

Please reload

Destaques do Blog
Please reload

Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral