Ficha-suja, Armando Carneiro entra com recurso contra indeferimento

September 20, 2018

Alvo de condenações no Tribunal de Justiça (TJ-RJ), em uma delas com pedido de prisão, o ex-prefeito de Quissamã, Armando Carneiro teve seu registro de candidatura indeferido pela Justiça Eleitoral com base na Lei de Ficha-Suja. Rolos com a Justiça — Recentemente, Armando foi condenado a dois anos de cadeia, por irregularidades em um contrato de manutenção celebrado por sua gestão como prefeito de Quissamã, em 2007. Como é reu primário (e estamos no Brasil), a Justiça converteu a sua condenação ao pagamento de cestas básicas. Recentemente, o MP moveu uma nova ação contra o ex-prefeito e sua esposa, por irregularidades numa viagem internacional, com direito a uma "passadinha" pelo Caribe tudo, segundo o MP, bancado com o dinheiro dos contribuintes (leia sobre isso aqui) . O MP pede na ação a devolução do dinheiro gasto na viagem, a condenação de Armando e o afastamento cautelar de Alexandra do cargo de vereadora.

 

De acordo com a Lei Eleitoral, o candidato tem o direito de continuar normalmente com sua campanha, enquanto seu recurso tramita no TSE. No entanto, se até o dia da votação seu registro eleitoral continuar indeferido (o que deve acontecer), todos os seus votos serão contados como nulos na Urna. 

 

 

 

Please reload

Destaques do Blog
Please reload

Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral