Julinho se atrapalha na primeira semana como líder do governo Dr. Aluízio

March 14, 2018

A máxima de que é bem fácil ser pedra do que ser vidraça se encaixou perfeitamente ao experiente vereador Julinho do Aeroporto que, no alto de seu sétimo mandato sentiu o peso de ter sido mais uma vez escolhido como líder da bancada governista na Câmara Municipal. Ele, que passou o último ano distribuindo alfinetadas ao antigo líder do governo e a desafetos dentro da base governista tonteou ao levar alguns golpes inesperados. O primeiro foi do próprio ex-líder que, em dia inspirado, praticamente chamou Julinho de analfabeto ao responder sobre uma alfinetada em relação ao HPM. Márcio Bittencourt, que foi diretor da unidade até abril de 2016, foi criticado por Julinho por não passar informações sobre a quantidade de exames feitos atualmente na unidade. "As informações estão todas no site da prefeitura. Basta o senhor ler", disse Márcio, dando um cruzado bem no queixo de Julinho que, tonto, acabou abandonado a sessão antes do fim.

 

Na quarta-feira o golpe veio do próprio líder que não soube explicar aos seus pares uma matéria que anula um projeto de lei que isenta a SIT de uma taxa de 3%. Sem saber explicar se o fim da cobrança se aplicaria a partir da sanção da nova lei ou se a mesma iria retroagir, Julinho acabou criando um clima de insegurança tal que impossibilitou, sequer a votação da matéria, que teve de ser tirada de pauta. Transtornado, o líder mais uma vez deixou a sessão antes da hora. Definitivamente, essa vida de vidraça é complicada. 

 

 

 

Please reload

Destaques do Blog
Please reload

Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral