#VozDoLeitor: Aposentado reclama de benefícios não pagos pela Prefeitura

February 16, 2018

Após publicar, na semana passada, a informação de o procurador geral de Macaé, Augusto César Salgado recebeu, no mês de novembro de 2017, cerca de 45 mil em acertos financeiros (leia aqui), o blog recebeu diversas mensagens de servidores que reclamam não terem recebido o mesmo tratamento da Prefeitura. O acerto financeiro é devido a todo servidor (estatutário ou extra-quadro) que se aposenta ou é demitido. No caso de Augusto, os proventos são referentes à verbas indenizatórias referente ao primeiro mandato de Dr. Aluízio (2013-2016) que foram pagos como "acerto" por sua demissão em janeiro de 2017, o que aconteceu com todos os comissionados.

 

O problema, é que dezenas de servidores estão com processos abertos e, até hoje não conseguiram reaver estes valores. Este é o caso do servidor Jorge Carlos Francisco da Silva, que entrou em contato com o blog, através de e-mail. Segundo ele, o processo está protocolado na Macprev desde junho de 2016 e, até agora, nem sequer uma resposta.
 

"Sou um aposentado que prestei serviço durante 38 anos a prefeitura de Macae. Aposentei em 2013 sendo que a prefeitura não concluiu o acerto de contas. Sendo que tenho pra receber dois períodos de licença prêmio, que corresponde a seis meses de salário. Abri processo no protocolo em 2016 e ate agora nada. Não consigo pegar o inteiro teor do processo e também não querem me pagar. Peço ajuda da mídia porque é um direito meu. Trabalhei como pedreiro por 38 anos e agora meus direitos eles não querem pagar. Estou indignado. Tenho 64 anos e passo essa falta de respeito aos meus direitos", disse o aposentado, apresentando o protocolo de seu processo. 

 

 

 


 

Please reload

Destaques do Blog
Please reload

Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral