Anarquinópolis 2017 - Capítulo 2

January 26, 2017

Conforme prometido, segue mais um capítulo de nossa saga apocalíptica, Anarquinópolis que é publicada toda quinta-feira, aqui no blog. Aviso: Anarquinópolis é uma novela, portanto, uma peça de ficção. Qualquer semelhança com pessoas ou fatos da vida real não passará de mera coincidência. 

 

 

Capítulo 2 - Teorias e práticas de conspirações 

 

 

 

 

Eram tempos de crise em Anarquinópolis. E, com o dinheiro cada vez mais escasso na corte do Dr. Bonitinho, era preciso fazer reformas e cortes. Nosso amado idolatrado e salve-salve príncipe estava fazendo sua parte, determinando economia geral nos gastos públicos. A austeridade era tanta que até as galinhas pretas dos terreiros de macumba foram substituídas por belos e dourados cubinhos de Caldo Knoor. As assessorias também minguavam. Gente que havia começado o governo em "Cargo I", já estava virando a curva das siglas e se contentando com qualquer sub-assessoria adjunta de alguma coisa.

 

No entanto, em época de "farinha pouca e meu pirão primeiro", Dr. Bonitinho não sofria qualquer risco com a oposição, massacrada no último pleito. O problema estava dentro de sua própria corte, com a disputa interna entre os caras que não eram nada e agora lutavam para continuar sendo alguma coisa, ainda que para isso, fosse preciso furar o olho de todos. Um deles era "Caolho Esquerdo" (também conhecido como Jaba The Hutt), que andava até pagando uma galera da internet para falar mal de outros membros do próprio governo. Todos estes internautas eram da "oposição", e tinham os maiores problemas contra o Dr. Bonitinho. Contra o doutor, não contra seu dinheiro.

 

Enquanto o "fogo amigo" consumia alguns membros do mais alto escalão do governo, no Parlamento a dita "bancada do muro", resolveu mostrar que não estava tão alinhada assim como o príncipe. Um dos que se posicionaram era o esperto parlamentar "Pastel Malandro", que resolveu abrir uma comissão para investigar o Sistema Irritante de Transporte (que SITuação). Claro, com ampla maioria dos parlamentares do seu lado, Dr. Bonitinho nem se preocupava, pois sabia que uma iniciativa dessa não iria prosperar. Porém, se não melhorasse o transporte público, Pastel conseguiria, pelo menos, muitos likes no JeegueBook, aquela rede social onde os nobres e plebeus do reino trocavam carinhosas ofensas...

 

semana que vem tem mais 

 

 

Please reload

Destaques do Blog
Please reload

Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral