"Oposição" faz o jogo do prefeito e vota em Dr. Eduardo para presidir Câmara

January 2, 2017

 

Não houve surpresa na eleição da mesa diretora da Câmara de Macaé ontem. Sem tirar o mérito do vereador Dr. Eduardo Cardoso (PPS), que soube se articular bem com seus pares, todo mundo sabia que, votando pelo quinto mandato dele, estaria votando pelo interesse do prefeito.

 

Dr. Aluízio queria Dr. Eduardo como presidente na Câmara, trabalhou para isso nos bastidores. Convenceu até Paulo Antunes (PMDB), que estava doido para voltar a presidir a casa, a desistir de concorrer.

 

No entanto, o que mais chamou a atenção na eleição do presidente, eleito para o quinto mandato na direção da casa, não foi exatamente sua vitória (já esperada por todos). A "surpresa" foi os votos da ampla maioria da dita "oposição" que, mesmo sabendo que Dr. Eduardo era o candidato do prefeito, votou nele mesmo assim. Até Marcel Silvano, que se diz oposição (pausa para minhas gargalhadas), votou nele e deu a "desculpa" do respeito, e bla bla bla (como se ninguém tivesse visto os "arranca-rabos entre o vereador "murista" e o presidente nos últimos quatro anos).

 

Pois bem, para efeito de registro, apenas dois vereadores não votaram no atual presidente: Luiz Fernando Pessanha (PTdoB) e Marvel Maillet (REDE). Eles lançaram chapas independentes e votaram em si mesmo. Esta Câmara Municipal é tudo o que o prefeito sonhou para governar em paz pelos próximos quatro anos. 

 

 

Please reload

Destaques do Blog
Please reload

Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral