Político de Quissamã pode ser novo alvo da Polícia Federal

November 1, 2016

 

A onda prisões que varreu a cidade de Campos nos últimos dias pode chegar à pacata Quissamã. Acontece que o vereador Juninho (que já foi detido nesta e em eleições anteriores) pode setornar alvo de uma nova operação. Não é de hoje que a situação de Juninho está complicada com a justiça. Preso em flagrante por corrupção eleitoral e compra de votos na véspera das eleições municipais deste ano, o parlamentar pode ser alvo de uma investigação pela Polícia Federal.

 

Nas vésperas das eleições municipais, a polícia encontrou em sua residência a quantia de 21 mil reais em espécie, santinhos, agenda com nomes de cabos eleitorais e uma arma de fogo ilegal. Como compra de votos é crime federal, a incumbência das investigações deve passar para a PF.

 

Além dos crimes relativos às eleições, Junio responde ainda, na justiça estadual, por crime de homicídio culposo e ações de improbidade administrativa. Já na 255.ª Zona Eleitoral de Carapebus/Quissamã responde a duas ações de investigação judicial eleitoral por compra de votos relativa às eleições de 2014 e 2016. A soma das penas dos crimes pelos quais o ex-vereador foi indiciado pode chegar a sete anos de prisão.

 

 

 

Please reload

Destaques do Blog
Please reload

Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral