Welberth Rezende é o novo prefeito de Macaé



Foto: Rafael Bozeo



Com 26.620 votos, o deputado estadual Welberth Rezende (Cidadania) foi eleito o novo prefeito de Macaé. Em segundo lugar ficou o ex-prefeito Riverton Mussi (PDT), cuja votação, de 24.447 votos continua sub judice. Em terceiro colocado ficou o radialista Robson Oliveira (PTB), com 24.208 votos, seguido de Silvinho Lopes (DEM), que teve 16737 votos. O resultado completo, com a votação dos demais candidatos você confere aqui.


Com 11 candidatos na disputa, essa foi a eleição mais acirrada da história de Macaé. Para chegar à vitória, Welberth Rezende teve que enfrentar diversos desafios. O maior deles foi a composição com o prefeito Dr. Aluízio, que o tornou alvo dos outros 10 candidatos. Além disso, mesmo com o apoio do prefeito, o candidato não contou com o apoio da "máquina" já que os secretários com o maior orçamento estavam na campanha de Robson Oliveira. Do governo, Welberth só recebeu rejeição e uma meia dúzia de secretários que resolveram acreditar no projeto.


Além disso, essa foi uma eleição repleta de fakenews, pesquisas falsas e todos os tipos de jogo sujo. Mesmo assim, contra tudo e contra todos, o candidato provou que é bom de votos e conseguiu, de quebra, extirpar dois fantasmas políticos de Macaé: o ex-prefeito Riverton Mussi, que mesmo inelegível, conseguia arrastar uma multidão de apoiadores e o filho do ex-prefeito Silvio Lopes, que se vendida como "grande gestor", mas que era apenas o representante de uma dinastia familiar que governou a cidade por 40 anos.


Agora, a cidade inaugura um novo ciclo político, com uma liderança política essencialmente popular. Ao contrário de seus adversários, Welberth é o único que veio "de baixo", sem sobrenome pomposo ou família de "sangue azul". Sua candidatura emerge de um projeto popular, ancorado pela história de um homem que começou a vida trabalhando como operário em um caminhão limpa fossa e hoje chega à Prefeitura de Macaé. Talvez o seu trabalho hoje não seja diferendo do que teve no início de sua trajetória. Afinal, ainda tem muita sujeira para ser aspirada na política de Macaé.




Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral