banner_940x145px_txt (1).png

Prefeitura de Macaé retém verbas federais e ameaça funcionamento do São João Batista




Um requerimento, protocolado nesta quarta-feira, dia 02, na Câmara Municipal de Macaé trás uma séria denúncia contra a Secretaria de Saúde de Macaé. Segundo a denúncia, encaminhada pelo vereador Marcio Bittencourt (Cidadania), desde 2019 a prefeitura não repassa os recursos recebidos do Governo Estadual ao Hospital São João Batista. Além disso, desde abril deste ano, o município não repassou os recursos do Fundo Nacional de Saúde ao Hospital, sem contar os recursos da contratualização do município, que não são pagos desde maio.


Segundo fontes do Blog ligados ao Hospital, o atraso pode ter razões políticas, uma vez que o diretor do Hospital, o oncologista Sávio Mussi está declaradamente apoiando o candidato Silvinho Mussi (DEM). Além disso, o médico Flávio Antunes, também ligado intimamente à Santa Casa também está cotado para disputar a prefeitura, sendo cobiçado como vice em vários grupos. O problema é que essa "birra política" do prefeito pode prejudicar os pacientes, ´já que o Hospital é o responsável pela maior parte das cirurgias eletivas pelo SUS em Macaé, sem contar os milhares de atendimentos ambulatoriais. Além disso, é preciso entender que reter verbas federais é crime de improbidade e pode gerar graves consequências para a Prefeitura no futuro.

Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral