banner_940x145px_txt (1).png

Enquanto persegue comerciantes, Aluízio autoriza obra dentro do Asilo

Prefeito atende a interesses do grupo IMNE, de Campos, que quer construir Centro de Oncologia dentro do Asilo, colocando idosos em risco


Comercio fechado e perseguições para você, permissividade para os amigos empresários do ramo de medicina (vai saber por qual motivo). Assim o prefeito de Macaé agiu, ao autorizar o grupo IMNE (aquele mesmo processado pelo Ministério Público Federal por fazer radioterapia com materiais vencidos) a construir uma obra (pasmem!), dentro do asilo, expondo os pacientes locais que são todos do grupo de risco. As ações, até aqui elogiadas pelo prefeito, de combate ao Covid vinham sendo elogiadas, mas o prefeito não pode, citando a Bíblia (engasgar com o mosquito e engolir o camelo).


Na prática, Aluízio tá impondo a força contra os pequenos e fechando os olhos para os grandes. Pior: ele está favorecendo esses grandes. E olha que nem estou citando o aluguel, mais que suspeito do "Hotel de Deus" (Via Norte Hotel) por R$ 116 mil por mês. Outra coisa, o blog está apurando a fundo a compra de capotes cirúrgicos, sem licitação, por um preço até 200% acima do mercado. Não estamos calados, na verdade, estamos investigando. Afinal, nem todo herói é tão herói assim...




Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral