top of page

#Eleições 2022 - Felício Laterça, de delegado linha dura a deputado federal




Dando prosseguimento à nossa série de entrevistas, com candidatos a deputado, de nossa região, nosso papo de hoje é com Felício Laterça, que concorre à reeleição a deputado federal pelo Partido Progressistas. Aos 55 anos, casado com Daniela e pai de Felício Filho e Raffaella, Felício Laterça, antes de se tornar parlamentar, ficou conhecido como um delegado de polícia federal linha dura. Sendo, inclusive, protagonista de uma grande operação que desmantelou um esquema milionário de corrupção em Cabo Frio e, também, executou prisões em Macaé.


Formado em Direito, pela Universidade Federal Fluminense (UFF), Delegado da Polícia Federal foi eleito Deputado Federal, em 2018, pelo Partido Social Liberal (PSL) com 47.065 votos (o mais votado em Macaé). Atualmente está filiado ao Partido Progressistas. Ao assumir o mandato, manteve seu compromisso de campanha, abrindo mão da aposentadoria especial conferida aos parlamentares, e tem utilizado a verba de gabinete com transparência e respeito à máquina pública e a sociedade.



Qual o motivo que levou o Sr. a entrar para a política?

Resgatar a esperança dos brasileiros, que já estavam cansados de tanta corrupção e outras mazelas, que colocaram o Brasil em níveis de subdesenvolvimento.



Qual a sua visão sobre o governo Bolsonaro? E quais suas impressões sobre o cenário nacional?

O presidente Jair Messias Bolsonaro mostrou-se apaixonado pelo nosso Brasil, por enfrentar a corrupção, respeitar os valores da família e os valores cristãos, entregando inúmeras obras inacabadas, fortalecer a economia do Brasil desenvolvendo diversos setores, e fazer um projeto de futuro para o país.



Qual a sua visão sobre o governo Cláudio Castro e o atual cenário político estadual?


É um homem que pegou o Rio de Janeiro no caos e conseguiu colocar o Estado nos trilhos. Em nossa relação direta aprovou recuperar o Hospital de Barra (Hospital Gélio Alves de Farias), e liberou recursos para construção do Hospital da Mulher, em Três Rios, dentre outros compromissos firmados com o nosso mandato.



Qual a sua visão sobre o governo Welberth Rezende e atual cenário político municipal?


Tem feito um esforço para mudar a realidade de Macaé, município que vem se recuperando gradativamente. Mas, ao meu sentir, ele precisa do apoio de um deputado federal, de verdade, para fazer alavancar tudo aquilo que o município necessita.



Qual é a sua relação com Macaé? Como pretende representá-la em seu mandato?


Macaé tem vocação para o petróleo e gás, mas não podemos esquecer às outras vocações do município, como a pesca, agricultura, e o turismo, além de preparar o município para a industrialização.


Quais projetos ou ações o senhor já executou em favor de Macaé, de nossa região e/ou nosso estado?


Foram destinados mais de R$ 10 milhões, objetivando o combate da pandemia de Covid-19, duzentos mil à APAE para cuidar de quem mais precisa de cuidados, aparelhando os Conselhos Tutelares do município com 3 veículos 0 Km, computadores dentre outros equipamentos, para fortalecimento da assistência social do município. Equipamentos para agricultura e pesca.



Qual é a sua principal plataforma política?

Qual as áreas de atuação em que o senhor pretende se dedicar, caso ganhe a eleição?


Seguir combatendo a corrupção por dentro do sistema e seguir atuando nas diversas pautas que atuo, tais como: saúde, segurança pública, terceira idade, crianças e adolescentes (contra a pedofilia), educação e esporte. Todas essas áreas têm sido agraciadas com projetos de lei de minha autoria. E, claro, dar continuidade ao 'Projeto Pé na Estrada’, com o qual visito os municípios do Rio de Janeiro (92 ao todo), com o objetivo de entender as necessidades dos cidadãos fluminenses e buscar resolvê-las.



Coloque suas considerações finais:

Fizemos muito nesse primeiro mandato e para continuar temos que eleger políticos diferenciados. Ninguém andou como nós andamos por todo o Rio de Janeiro. Vamos em frente, fazendo um trabalho limpo e honesto, combatendo a corrupção e levando dignidade ao cidadão.

O lado do bem segue incansável e o povo fluminense pode contar comigo.

0 comentário
bottom of page