banner_940x145px_txt (1).png

Com taxa de ocupação alta em CTIs, Macaé adia flexibilização do comércio

Com 66% de taxa de ocupação em leitos de UTI, Macaé vai deixar para depois o plano de flexibilização da quarentena, que havia sido combinado em parceria com a Associação Comercial e o MP.


Apesar do banho de água fria no comércio, o governo macaense está preocupado com o agravamento no número de pacientes graves. Falta pouco para que os médicos tenham que escolher quem vive e quem morre. Já que não haverá respiradores para todos.







Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral