banner_940x145px_txt (1).png

Movimentações políticas de Carapebus na mira das autoridades


Amanhã será julgado (de novo) o processo de Impeachment da prefeita Cristiane Cordeiro, de Carapebus. E as autoridades já estão de olho em movimentações ocorridas na calada da noite, às vésperas da primeira votação. Fontes do Blog revelam que já tem gente com medo de ser pego com a boca na botija. É bom lembrar que, por apenas R$ 5 mil reais, o vereador Neto Macaé (PTC) acabou preso pela Polícia Federal, perdeu o mandato e ficou quase um ano em um presídio comum. Imagine se alguém for pego, hipoteticamente, com uma quantia maior.

Bom lembrar que o Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público já prendeu uma galera e indiciou outras em Casimiro de Abreu, justamente com a denúncia de vereadores receberem dinheiro do Executivo para votaram a favor do prefeito na Câmara. Se, em Carapebus, estiver acontecendo algo semelhante, não será apenas a Prefeita que cairá.

Enquanto isso, o prefeito de Fato, Eduardo Cordeiro (a mulher prefeita é apenas um holograma) se gaba de conseguir incríveis cavalos de paus de oposicionistas no espaço curto de uma madrugada. De fato o homem, quando quer, sabe ser bastante convincente. Mas o povo de Carapebus não é pacato. Muito menos as autoridades da região.


Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral