Julgamento da cassação da prefeita de Carapebus acontece nesta quarta-feira


A manhã desta quarta-feira, dia 12, será decisiva para o futuro do governo Cristiane/Eduardo Cordeiro. Isso porque a prefeita Cristiane Cordeiro (após várias liminares postergando o julgamento na Justiça) finalmente será julgada pelo crime de Responsabilidade na Câmara Municipal. A convocação para a Sessão Extraordinária que votará o parecer na Comissão Especial Processante (CEI) recomendando o afastamento da prefeita será apreciado às 10h e os ânimos prometem estar bastante exaltados.

O processo de cassação é resultado de uma gestão temerária e incompetente que jogou Carapebus, literalmente, nas sombras. Obras paradas, saúde sucateada e funcionários públicos com constantes atrasos na folha de pagamentos são alguns dos ingredientes da crise político-administrativa que se formou. Para piorar, na tentativa desesperada de se manter no poder, o governo de Cristiane, que é apenas um holograma do marido ficha-suja Eduardo, barganha apoio político a custa de cargos comissionados e contratações que extrapolam o limite de contratações da Lei de Responsabilidade Fiscal além de a prefeita estar destinando dinheiro dos royalties para o pagamento de pessoal, o que é vedado pela Constituição.

Para cassar a prefeita é preciso 6 dos noves votos da Câmara e cinco já se declararam favoráveis à cassação. A única dúvida, por enquanto, é quanto ao vereador Marquinho Pacato que, inicialmente, já fez parte do grupo de seis opositores e se reaproximou do governo nos últimos meses. Nos bastidores, o Blog apurou que Pacato já teria voltado a compor os seis necessários para derrubar a prefeita. Mas, como em política "promessa é dívida", é esperar para ver.


1,434 visualizações

Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral