Marcelino cometeu estelionato eleitoral ao mentir sobre tarifa de iluminação


Provando-se, ao longo de seu curto mandato, que a mentira é seu método de trabalho, o prefeito de Rio das Ostras acabou de provar mais uma vez que enganou a população com promessas que jamais ousou cumprir. Uma delas é a redução da Contribuição de Iluminação Pública (CIP), cujo valor era um dos maiores reclames da população. Marcelino prometeu abaixar a tarifa logo no primeiro ano, o que não fez. Para não reforçar a fama de mentiroso, que já corre pela cidade, o prefeito mandou um projeto para a Câmara para, enfim, reduzir a tarifa. No entanto, a redução não passa de um grande factóide, uma vez que não impactará em nada a conta de luz. Na verdade, o projeto, no máximo, vai reduzir R$,040 (isso mesmo, quarenta centavos) da tarifa.

Além disso, o projeto prevê que, para muitos consumidores, oscilações no consumo (o que é comum nos meses de verão, devido ao uso de ventiladores, bombas d'água e condicionadores de ar) podem fazer a tarifa, em vez de abaixar, aumentar. Depois não adianta reclamar que a população já esteja chamando o prefeito de Pinocolino.

Veja na tabela abaixo, produzida pelo site R1 Região, a projeção da "redução" prevista no PL, que deve ser votado hoje, em sessão extraordinária na Câmara de Rio das Ostras.


Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral