Anarquinópolis, o Retorno. Capítulo 2: A maldição...


No último capítulo você leu (provavelmente) que nosso astuto, amado e crosfitteiro príncipe Dr. Bonitinho Calças Quadradas pela primeira vez viu seu governo em apuros, com o estouro da boiada. Um boi valente e brigão acabou ferindo o olho esquerdo de um dos seus principais conselheiros, forçando-o ir para o exílio na longínqua terra de Armação dos Bujões. Veja o que aconteceu em seguida...

Era um dia de sol em Anarquinópolis. Ainda recuperado do trauma psicológico de se despedir de seu braço esquerdo, Dr. Bonitinho resolveu fazer o que todo recém-separado faz. Foi à praia, fez selfies, bebeu com os amigos... Tudo para disfarçar o enorme vazio que maltratava seu pobre coração (sim, ele tinha um coração!). Mas a tranquilidade, aparente, logo iria acabar.

Ao dormir (sim, ele também dormia), Bonitinho teve um sonho terrível. Foi visitado pelo espírito de Jortão que, furioso lhe rogava uma grande praga por ter jogado fora o seu projeto de Trem Faraônico, Subaquático, Japonês....

PAUSA PARA O CONTEXTO HISTÓRICO

Jortão foi o secretário de assuntos ferroviários do governo do ex-príncipe Filomeno que idealizou o projeto do trem (da alegria), também conhecido como VLT (Vamos Levar Tudo). No entanto, com a ascensão de Bonitnho ao poder, o trem foi abandonado. Jortão morreu logo depois, sem ver seu sonho realizado e, reza a lenda, que seu espírito até hoje assombra a velha estação e só descansará, em paz, quando o trem andar...

VOLTEMOS À HISTÓRIA...

Dr. Bontinho acordou tremendo. "Será que Jortão votou do além para me assombrar?", se perguntava o príncipe que, transtornado, resolveu sair para uma corridinha de leve, antes do amanhecer, percorrendo 58 quilômetros.

Com o tanque de endorfina recarregado, Bonitinho voltou ao trabalho, certo de que foi apenas um sonho e que nada de ruim iria acontecer. Até que, ao olhar o Jeeguebook (rede antissocial onde nobres e plebeus trocavam ofensas) viu que o Terminal de Carroças Azuis da Cidade começou a despencar. Uma parte do telhado caiu atingindo uma velhinha na cabeça. Ela morreu, mas felizmente, passa bem. (Brincadeira, morreu não).

Reunião de emergência no castelo de vidro.

Fecha o terminal

Abre o terminal

Fecha de Novo

Torna a abrir...

Atormentado pelo sonho e com a maldição de Jortão, Filomeno já não sabia o que fazer...

"Quem me dera ainda ter o Olho Esquerdo para jogar a culpa", lamentou Bonitinho enquanto chamava padres, pastores e até pais de santo para ungir seu gabinete...


Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral