Vereadora tenta tirar proveito político da morte de criança em Quissamã


A morte do menino Thaylan Peroba, de 14 anos de idade, comoveu a toda a cidade de Quissamã. Ele estava acompanhado de sua tia na tarde deste domingo(18), quando foi levado pela correnteza mar a fora na praia João Francisco. O Corpo de bombeiros de Macaé foi acionado e realizou as buscas. No entanto, nem o luto de sua família foi respeitado pela vereadora Alexandra Moreira (PSC) que vê em tudo, até na morte alheia, uma oportunidade para politizar o debate desferindo seus ataques contra a prefeita Fátima Pacheco (PTN). 

Desrespeitando descaradamente a dor dos familiares, a vereadora fez várias postagens no facebook com o objetivo de culpar a administração pela fatalidade. Em uma das postagens ela divulga um vídeo da praia de Barra do Furado perguntando "cadê os guarda-vidas". A desonestidade é tanta que ela bem sabe que a tragédia aconteceu em outra praia, a de João Francisco. 

Outro fato omitido pela vereadora é que os guardas vidas são obrigação do Estado. No entanto, dada a falta de efetivo estadual, a Prefeitura contrata, emergencialmente, guarda-vidas para reforçarem o litoral nos meses de verão, que começa em dezembro. Mas, para quem está louca atrás de uma carniça para tirar proveito, estes dados não importam, né?


Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral