Mais médicos: Homofóbico, Bolsonaro não quer ver Cuba lançar


Machista, racista, taxista e paraquedista, Bolsonaro cometeu um erro, segundo nossa mídia nacional, ao lançar "condições imperialistas e capitalistas" para o programa Mais Médicos, como por exemplo o médico ter que ficar com 100% do seu salário (atualmente, 75% vai para a ditadura dos Castros).

"Inclusive, Cuba lançaria uma nova etapa do programa. Mas, como é homofóbico, Bolsonaro não quer ver Cuba lançar", disse o analista Jacynto Pinto Aquino Rêgo, do portal LacrUOL.

Nota: é verdade este bilhete...


27 visualizações

Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral