banner_940x145px_txt (1).png

Prefeito da baixada deixa de pagar aposentados para investir na campanha em Macaé


Alguém já ouviu falar em Daniela do Waguinho? Tirando o fato de a candidata a deputada federal pelo MDB ser uma das poucas "autorizadas" a fazer campanha em áreas de risco em Macaé e de ser mulher do prefeito de Belford Roxo, Waguinho, pouco se sabe. No entanto, a crise no município de seu marido aonde os aposentados estão sem receber enquanto o prefeito faz uma caminha milionária estado a fora, pode dar uma pista de qual tipo de político estamos falando. 

Daniela caiu de paraquedas por aqui, arrebanhando lideranças comunitárias, um vereador e até "digital influencer" que passaram a disseminar fake news contra os adversários que também concorrem a uma vaga em Brasília. Uma das fakenews, já desmentida pelo Estado, fala da cobrança de pedágio entre Macaé e Rio das Ostras.

Enquanto isso na baixada - Contas atrasadas, armários vazios, remédios acabando. Para os aposentados e pensionistas de Belford Roxo, todo mês tem sido o mesmo drama: a incerteza de quando cairá o salário. O de agosto, que deveria ser pago no início de setembro, só foi quitado no fim da tarde desta quinta-feira. Aos 71 anos, a professora aposentada Marli Silva do Couto jamais imaginou que dependeria de doações de familiares para se alimentar. Ela mora com o filho de 37 anos, que está desempregado. Sem o pagamento, teve luz e telefone cortados. — Isso é uma crueldade com os aposentados. As contas todas atrasadas, remédios acabando... Se eu for esperar pelo pagamento da prefeitura, morro de fome — lamenta.

Com informações do jornal Extra 



Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral