Intervenção: militares vão atuar também em Macaé e Campos


Em reunião com a comissão de segurança da Alerj, o coronel Braga Neto, coordenador da intervenção federal no Estado do Rio informou que o Exército vai extender suas atuações para outras áreas do estado onde há explosão da criminalidade. Entre estas áreas estão inclusas as cidades de Macaé e Campos dos Goytacazes. 

Até hoje, as operações conjuntas das forças de segurança se concentram apenas na capital, aumentando o risco de interiorização da violência. Em Macaé, por exemplo, um conflito entre ADA e Comando Vermelho recentemente parou a cidade, sendo necessário reforço de outros batalhões e de até um "caveirão" para a situação se acalmar. 

A exemplo do que acontece na capital, áreas dominadas pelo tráfico da cidade, como o Lagomar e o complexo da Nova Holanda devem ser ocupadas pelos militares. Além de Macaé e Campos, as outras cidades que receberão reforços das forças armadas serão Niterói, São Gonçalo, Parati, Angra dos Reis e municípios da Baixada Fluminense. 


Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral