Aluguel de Hotel pela Prefeitura levanta suspeitas em Macaé. Entenda


A Prefeitura de Macaé está prestes a celebrar um contrato de locação do prédio do Hotel Colonial, na Praia de Imbetiba. O objetivo é fornecer alojamento para os acadêmicos de medicina da UFRJ, que moram em outras cidades, mas estudam em Macaé. O contrato, segundo fontes do blog, está prestes a ser assinado e, até então, não teria nada de suspeito se não fosse por um detalhe: o prédio alugado foi anunciado e intermediado pela Empresa Contato, cujo sócio, Rodrigo Ferreira Vianna ocupa um importante cargo comissionado na Prefeitura de Macaé, atuando na Comissão de Licenciamento Municipal, formada para facilitar a obtenção de licenças e alvarás com (adivinha?) empresários como o próprio Marcelo.

No Portal da Transparência consta que Rodrigo ocupa o cargo de Assessor Especial CC-II, com remuneração bruta de R$ 8.674. Se o prédio do hotel for alugado, sobre sua intermediação imobiliária, seus vencimentos terão um "plus" de 10% sobre o contrato. Inclusive, até semana passada, o adesivo de "ALUGA-SE" da Contato Imobiliária estava afixado no prédio (veja abaixo). No entanto, ao retornar hoje ao local, o adesivo já tinha sido arrancado, como prova de que o negócio prosperou...

Veja a nomeação de Rodrigo na Prefeitura

Agora veja o documento da Receita que comprova que Rodrigo é sócio da Contato:


Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral