Com Lei Aprovada, porto pode ser construído amanhã e gerar 1 milhão de empregos.


Após quatro horas de exaustivas discussões, o projeto de Lei 019/2016 finalmente foi aprovado. Agora a regulamentação, apelidada como "Lei do Porto" vai solucionar TODOS os problemas de Macaé, gerando empregos, renda e felicidade infinita para todo mundo. Afinal, não há mais desculpas, o porto TEM que ser construído e já. Afinal, o progresso é rápido e, como diria o sociólogo Betinho (que Deus o tenha), "quem tem fome tem pressa".

Todo mundo que conhece um pouquinho do mercado de petróleo, e não vive na alienação causada pelos nossos confiáveis jornais e redes sociais sabe que, o motivo de Macaé estar quebrada não é a falta de um porto. Afinal, Macaé sempre teve porto, desde quando servia de entreposto para a Cana vinda de Campos ou para o Sal de Cabo Frio no início do século 18. O problema financeiro de Macaé foi causado, sobretudo, por três fatores:

1 - Corrupção da Petrobras

2 - Baixa na cotação internacional do Barril do Petróleo

3 - Falta de competência dos governos municipais até agora, que não conseguiram usar os bilhões dos royalties para criar outra alternativa econômica.

Somando-se a tudo isso há ainda outro fato notório: as recentes descobertas das reservas de pré-sal na Bacia de Santos fazendo a Petrobras mudar seu plano de negócios priorizando os investimentos no litoral paulista, deixando de lado a Bacia de Campos.

Esses são os fatores reais, plausíveis. Porém, para a mídia e os especuladores imobiliários de Macaé, a culpa disso tudo não é o mercado e sim, A FALTA DE UM PORTO. Ou melhor, a falta de uma lei do Porto, que estava travada há oito meses na Câmara. Pois bem, segundo os signatários do movimento "Porto Já" a lei era o entrave. Com ela aprovada então, vamos esperar que tudo mude.

Se o porto não for construído agora, e os milhões de empregos não aparecerem, vou acusar os defensores do projeto como a salvação da lavoura de propaganda enganosa! Deus queira que eu esteja errado e que nossos problemas acabem amanhã com o magnífico porto do Barreto!.


Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral