Por que Macaé paga, sozinha, a conta do hospital que é usado por toda a região?


O prefeito de Macaé, Dr. Aluízio está convocando todos os prefeitos da região para uma conversa franca. O assunto: HPM. Em tempos de crise, o hospital (que segura a demanda de emergência de alta-complexidade de toda a região) é fundamental para evitar que a saúde pública entre em colapso nos municípios vizinhos. Afinal, já pensou o que seria de municípios como Carapebus e Casimiro de Abreu se não pudessem enviar pacientes com AVC ou politraumatismo para Macaé? Certamente o número de mortes cresceria exponencialmente.

Acontece que, apesar de servir a todos, o Hospital Público Municipal de Macaé é pago por recursos apenas de Macaé. Além das cidades da região não contribuírem com um centavo sequer para a manutenção do hospital, muitas delas nem são referenciadas pelo SUS para o atendimento em Macaé.

Pois bem, é preciso chamar a todos para a responsabilidade, afinal, 40% dos atendimentos do HPM são de outras cidades. Para amenizar o peso de sua manutenção no orçamento municipal é necessário dividir a conta, talvez, por meio de um consórcio intermunicipal. Porém, difícil mesmo será fazer algum prefeito vizinho "coçar o bolso", já que a quebradeira é geral...

#Macaé #DrAluízio #Região #HPM

Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral