banner_940x145px_txt (1).png

TV Câmara de Macaé: transmissão para inglês ver. Ou melhor: não ver


Com sessões legislativas sendo realizadas em pleno expediente comercial (de 10h à 12h das terças e quartas-feiras) e, com o novo prédio da Câmara, situado a léguas de distância do Centro da Cidade (e de qualquer outro bairro populoso da cidade), a transmissão ao vivo das reuniões ser torna a única opção para a maioria das pessoas acompanharem os debates, tão importantes para a cidade. O problema é que, nem sempre a tal "TV Câmara" funciona e, geralmente, o sinal resolve cair justamente quando os debates se tornam mais acalorados. Hoje foi um destes dias em que a TV Câmara, resolveu do nada "cair". Na pauta, debates acalorados sobre o aparecimento do nome do prefeito e de mais 199 políticos do Brasil na lista da Odebrecht (leia mais sobre isso aqui). Logicamente, muita gente tentou acessar a TV Câmara para assistir. Porém, falhas terríveis na transmissão (com vários períodos fora do ar) foram reclamados pelos leitores. Diante tantas falhas, faz-se pelo menos três perguntas precisam ser respondidas pela Câmara a respeito da sua arcaica TV. 1 - Por que, já que as sessões são gravadas, a íntegra delas não é disponibilizada numa conta no Youtube. Nem me venham com questões técnicas e orçamentárias, porque a hospedagem destes arquivos na plataforma do Google é de graça. Portanto, a equipe da TV Câmara não o faz porque não quer. 2 - Já que falamos em TV Câmara, quanto é que o serviço custa? Quando foi a última licitação? Quantas empresas especializadas participaram do certame? E mais importante, porque, há pelo menos dois períodos legislativos (8 anos) as transmissões são feitas pela mesma equipe? Quando esta caixa-preta vai ser aberta? 3 – Macaé tem duas emissoras de FM populares e uma rádio comunitária. Não seria interessante licitar um horário em uma destas emissoras para a transmissão do áudio da sessão? Municípios como Quissamã, Conceição de Macabu e Casimiro de Abreu já o fazem a anos, sem ter as tradicionais falhas apresentadas pela TV Câmara macaense.

#Macaé #Câmara #Transparência

Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral