Sabino e as crianças enlatadas


Se tem um setor da economia que tem porsperado em meio a toda esta crise, é o setor dos alugueis de contêineres. Enlatados como sardinhas (calma, este post não é sobre desapropriações em Macaé), as crianças de Rio das Ostras têm nestas caixas de aço alugadas a sua única sala de aula. E, para “enlatar” as pobres crianças, o governo do prefeito Sabino já gastou nada menos do que R$ 7 milhões, o suficiente para construir o equivalente a sete escolas de primeiro mundo (leia a matéria aqui).

Através de nota divulgada à imprensa, a Prefeitura de Rio das Ostras informou que a necessidade do aluguel de containers é devido ao expressivo crescimento de novos alunos da rede municipal, e que apenas em 2015 foram mais de cinco mil novas matrículas. A prefeitura informou ainda que as salas modulares serão utilizadas até que haja a construção de novas escolas, mas que devido a expressiva queda na arrecadação, não há prazo para o início das obras.

Ou seja, sob a alegação de que não tem dinheiro para construir escolas, a prefeitura gasta todo o dinheiro que daria para construir estas escolas no aluguel destas latas. “Tá Serto!”

#RiodasOstras #Sabino

Visto em

© 2023 por André Luiz Cabral